Não vá Embora!
Separamos essas Ofertas Exclusivas para você!

Fale Conosco:
(38) 3722-1029
(38)9-9205-6463

ORTOCLÁSIO Aprenda Mais sobre Este Mineral

ortoclasio28.jpgOrtoclase ou ortoclásio (KAlSi3O8) é um mineral do grupo dos tectossilicatos importante na formação de rochas ígneas. É também conhecido como feldspato alcalino e é comum nos granitos e rochas relacionadas. Também denominado ortósio ou ainda ortoclásio. A ortoclásio é idêntica à microclina em todas as suas propriedades físicas e apenas se pode distinguir daquela por meio de microscópio de luz polarizada ou por difração de raios X.

 
O nome ortoclásio têm origem no Grego que significa "fractura recta," uma vez que os seus dois planos de clivagem são perpendiculares. A Ortoclásio cristaliza no sistema cristalino monoclínico. A sua dureza é igual a 6, com peso específico igual a 2.56-2.58, e brilho vítreo a nacarado. Em termos de cor pode ser branca, cinzenta, amarela ou vermelha; raramente verde. Por meteorização, a ortoclásio converte-se em caulino.

 
Os cristais maclados são bastante comuns. A Ortoclásio é um constituinte comum da maior parte dos granitos e outras rochas ígneas félsicas, ocorrendo frequentemente sob a forma de microcristais ou massas em veios pegmatíticos.
É utilizada no fabrico de porcelanas e como constituinte de pós abrasivos.

 
A adulária (de Adular), em outros idiomas também chamada de pedra da lua, forma-se em depósitos hidrotermais de baixa temperatura. A pertite resulta do intercrescimento de ortoclásio com albita. Um tipo vítreo de ortoclásio, chamado sanidina, é típica de rochas vulcânicas félsicas, ocorrendo nos traquitos de Drachenfels, Alemanha.


Descrita por Breithaupt em 1823, seu nome vem do grego "orthos", que significa direito, pois ela tem a característica de se cliver conforme dois plano ortogonais. Nominada antes ortoclásio, o nome de ortose lhe foi dado por René Just Haüy.


Na variedade adularia branca, nome que vem da palavra latina "adula" que era o nome do Mont St. Gothard na Suíça onde era encontrada, ela é constituinte da pedra da lua.
A sanidina é uma variedade de cor clara (incolor, castanho-claro), descoberta por Nose na Alemanha em 1808, seu nome vem do grego "sanis" que significa em pequenas plaquetas e "idos" para ver, resumindo o aspecto de seus cristais.


E é o padrão de dureza 6 sobre a escala de durezas de Mohs que vai de 1 à 10.


Local de extração: Feldspato comum, encontra-se em Madagascar, na Birmânia, no Quênia, no Moçambique, no Ruanda, na Namíbia, na Bolívia, na Índia, no Paquistão, na China, na Russia, na Grécia, na Eslováquia, na Suíça, na França, na Inglaterra, na America do Norte, na Austrália.


Utilização em joalheria: Ela é utilizada para lapidações do tipo esmeralda, em marchas logo que a tonalidade amarela é bastante firme.


Cuidado e precaução no cotidiano: Bela pedra bastante fácil de manutenção, de uma dureza média, portanto sensível aos arranhões. Ela se lava com água adicionada de liquido de louça, se enxágua com água sem calcário e depois álcool.


Gemas aproximativas: Apatita , Berilo , Brasilianita , Crisoberilo , Citrino , Escapolita , Topázio , Zircão


Litoterapia cultural e histórica: Sendo um dos constituintes da pedra da lua, ela tem parte nestas propriedades, ela seria uma pedra de doçura convém às pessoas muito materialistas e racionais, ela traria imaginação, tolerância e sensibilidade.


Cor principal : amarelo
Outras cores : castanho, cinza, incolor, rosa, vermelho, verde
Cor do traço : branco
Brilho : vítreo
Dureza : 6.0
Densidade : 2.55 à 2.65
Clivagem : perfeito

 


Loja CristaisdeCurvelo no What's app