Carregando... Por favor, aguarde...

Ametrino

 

bOLIVIANITA_PEDRA_AMETRINO_AMETISTA_COM_CITRINO_(4).JPG
 Tipo: Grande pedra de meditação, Transformação, Mediunidade.

 Grupo: Quartzo.

 Dureza: 7.

 Materiais de origem: Sílica, dióxido com ferro, manganês carbono, traços de alumínio.

 Coloração: Violeta-claro, violeta-escuro até violeta-avermelhado, amarelo-limonado, translúcido até transparente.

 Locais onde é encontrada: Bolívia.

 Crenças e mitos: O Ametrino era somente conhecido dos povos da América do Sul. Como havia poucos locais onde pudesse ser encontrado, está entre as pedras mais raras e valiosas. O que é único no Ametrino é que na história de sua formação foram sendo criadas zonas de ionização, as quais, segundo sua polarização ( positiva ou negativa ), transformava-se no próprio Cristal, em Ametista ou Citrino.

 Efeitos terapêuticos para o corpo: O Ametrino incorpora dentro de si duas pedras poderosas e, assim, é possível utilizar todo o poder da Ametista ou do Citrino, simultaneamente. O Ametrino regula o funcionamento do cérebro e harmoniza os fluxos cerebrais. Desta forma, ele é especialmente útil contra dores de cabeça, redução da massa encefálica, calcificação, e senilidade. Ameniza as dores dos olhos e dificuldade de audição.

 Efeitos terapêuticos para a psique: Uma vez que o Ametrino é meio Ametista e meio Citrino, tem um mesmo efeito especialmente suave sobre a nossa alma. Vale como fiel acompanhante no dia-a-dia e nos beneficia com mais harmonia, uma vez que dentro dele residem várias almas. Penetra fundo em nossa alma, harmonizando nossas necessidades e desejos. Em meditação, é empregado por pessoas que têm muita experiência, já que ele estimula enormemente a concentração e a intuição. Apóia aqueles que procuram direção no sentido da vida e da existência.

 Indicado para: Força de decisão, comunhão com Deus, inspiração, mediunidade, polarização, senso de responsabilidade, capacidade de estabelecer relações, capacidade de percepção. Pâncreas, sangue, intestino, textura da pele, fígado. estômago, musculatura, órgãos sexuais, plexo solar, glândula pineal.

 
Formas existentes: Pedra bruta, lapidada, pêndulo, esfera, ovo, pingente, cordão.

 Signos: Libra (23/9 a 22/10), Escorpião (23/10 a 21/11), Peixes 20/2 a 20/3).

 Chacras: Sétimo, terceiro.

A Bolivianita também chamado Ametrino, é uma gema, variedade do quartzo, com dureza 7 na escala de Mohs, fusão única da ametista com o citrino que lhe dão essas cores tão diversas que vão desde os amarelos tênues para a gama dos lilás, até a profunda violeta e cujas características a fazem que seja única no mundo. Se encontra unicamente na Mina Anahí, único jazimento no mundo, localizada na província de Germán Busch, perto da cidade de Puerto Suárez (Porto Soares, em português), no departamento de Santa Cruz, Bolívia. Esta jazida tem origem hidrotermal, e sua peculiaridade é a de conter águas ricas em carbonatos básicos, entre estes o potássio 40, que tivesse provido a sílice que continha ferro do calor suficiente para formar esses belos cristais.

O "ametrino" agrega duas formas muito interessantes e bonitas de quartzo - a ametista e o citrino.

Notem que neste caso o citrino é natural, muito diferente da ametista "queimada" que normalmente se encontra á venda sob o nome de "citrino".

Ametrino encoraja o otimismo. Esse cristal traz harmonia e a sensação de bem estar que não irá se acabar mesmo quando estiver sob stress. Harmoniza a percepção e as ações feitas conscientemente. Estimula a criatividade que vem com muita energia. Ametrino improvisa nosso controle sobre nossas próprias vidas. Tem efeito extraordinário de limpeza no nosso metabolismo e em cada camada de nosso corpo. Faz com que nosso sistema nervoso trabalhe melhor e harmoniza nossos órgãos.

Para conhecer sobre outras pedras clik aqui

Voltar ao topo
Loja CristaisdeCurvelo no What's app