Carregando... Por favor, aguarde...

Adamita

admita.jpg

  Cor: Amarelo-claro, amarelo mel, verde pálido, verde amarelado.

  Transparência:
Transparente a translúcido.

  Dureza de Mohs:
3,5.

 Sistema cristalino: Ortorrômbico.

 Composição química: Arsenato básico de zinco.

 Proveniência: França, EUA, México.

 Tipo: Ajuda a equilibrar pensamentos com sentimentos, trazendo maior força interior para se lidar com assuntos emocionais. Auxilia no abandono de crenças antigas, dando ímpeto e força de vontade à aventura para dentro do novo e da beleza do que é desconhecido. Estimula novas experiências e novas visões, ensinando a prosseguir passo a passo e habilitando a focalização nos detalhes que compõe o todo. Fisicamente, auxilia em problemas cardíacos e pulmonares.  

  Chacras: Terceiro e quarto.

A Adamita é um mineral secundário, ou seja, é formado pela alteração de outro mineral já existente. Faz parte do grupo dos Arseniatos e sua fórmula química é Zn2AsO4(OH). Seu brilho é vítreo (Adamantino, ou seja, se parece com o diamante) e sua cor varia dependendo do local de sua ocorrência e de suas impurezas. Ela pode ser amarela, cor-de-rosa, violeta ou verde, sendo que a cor do traço de qualquer variedade, será sempre branca. Encontra-se geralmente em depósitos de Limonita, Olivenita, Malarita, Smithsonita, Azurita ou Calcita. O seu sistema cristalino é o ortorrômbico, sua dureza é 3,5 na escala de Mohs, sua densidade é de 4,3 a 4,5 e sua clivagem é perfeita. Não têm aplicação industrial mas é muito procurada por colecionadores.


Adamita, adamite ou adamina é um mineral, composto por arseniato de zinco, de fórmula Zn4H2As2O10 em que parte do zinco pode ser substituído por cobre, níquel, manganês e também por cobalto. Apresenta-se em cristais muito pequenos, no máximo com 6 milímetros e geralmente com muitas faces, reunidos em drusas e também em agregados de pequenos grãos.

Densidade 4,3-4,5. Transparente, de brilho vítreo intenso, branco de diversas colorações. Encontra-se no Cabo Garonne (Departamento do Var) França, em Laurion (Ilha de Tassos) Grécia, Argélia, Tsumeb e em Utah (E.U.A.).

Assim designado em homenagem a Gilbert-Joseph Adam (1795-1881), um mineralogista francês.

 

Para conhecer sobre outras pedras clik aqui

Voltar ao topo
Loja CristaisdeCurvelo no What's app