Carregando... Por favor, aguarde...

Barita

barita.jpg

A barita é um mineral de sulfato de bário com fórmula química BaSO4. O seu nome tem origem no grego barus (pesado). Apesar de conter bário, um metal pesado, não é considerada tóxica devido à sua elevada insolubilidade.

Índice

 
  • 1 Tipos de ocorrência
  • 2 Usos e aplicações
  • 3 Em Portugal
  • 4 No Brasil
  • 5 Ficha Técnica
  • 6 Ver também
  • 7 Referências

 Tipos de ocorrência

Comum em veios de chumbo e zinco em calcários, em depósitos hidrotermais e associada a minérios de hematita. Muitas vezes ocorre associada à celestita e à anglesita.


Cristal de barita com dupla terminação(Cumbria, Inglaterra).

 Usos e aplicações

Cerca de 90% da produção de barita é utilizada para aumentar a densidade das lamas de perfuração na indústria petrolífera. Também é utilizada no fabrico de tintas e de papel. Os maiores produtores mundiais são os Estados Unidos, a Índia e a China.

 Em Portugal

Pode ser encontrada em Segura, concelho de Idanha-a-Nova, onde em tempos se procedeu à sua extracção.

 No Brasil

O Brasil possui 0,3 % das reservas mundiais e sua produção atinge 1% da produção mundial.[1] O Estado da Bahia contribui com 95% da produção nacional.[2]

 Ficha Técnica

  • Grupo: Sulfatos
  • Sistema cristalino: Ortorrômbico
  • Fórmula química: BaSO4
  • Dureza: 3-3,5 (escala de Mohs)
  • Densidade: 4,3
  • Clivagem: Perfeita
  • Fratura: Concóide
  • Cor: Branco, azul, vermelho, amarelo, marrom, marrom-escuro, cinza
  • Cor do traço: Branca
  • Brilho: Vítreo a nacarado
  • Fluorescência: Ausente

Proteção contra irradiações, Histeria, Magia negra.
 

  Dureza:
3-3,5.

  Materiais de origem: Bário, enxofre, oxigênio.

  Coloração: Branca, rosa, esverdeada, amarela, azul, parcialmente transparente.

  Locais onde é encontrada: Itália, México, Austrália, EUA, Brasil.

  Crenças e mitos: O nome Barita advém do grego “Barys”, que significa “pesado”. Os poderes ocultos da Barita como pedra de proteção e de cura somente foram reconhecidos na modernidade. Ela é atualmente empregada na indústria como pedra de proteção contra as irradiações de toda a espécie. Placas e roupas de proteção são freqüentemente produzidas na indústria com tecidos de Barita. A Barita absorve raios radioativos, raios X e ultravioleta, de televisão e de computadores.
 
Efeitos terapêuticos para o corpo: Devido às suas propriedades de absorção de irradiações, a Barita é uma pedra de proteção contra irradiações de toda espécie, mostrando-se muito útil contra as irradiações de própria terra, da água e, muito especialmente, contra irradiações de computadores. A Barita é também uma boa pedra, de cura para danos causados a pele e ao cérebro, como também no caso de queimaduras do Sol e queimaduras em geral.
 
Efeitos terapêuticos para a psique: A Barita previne contra moléstias e procedimentos incorretos ocasionados por irradiações do meio ambiente. Essas moléstias furtivas, cujas origens geralmente remontam há vários anos, são em geral reconhecidas tardiamente. As pessoas que trabalham em grande edifícios com elevada concentração de escritórios são freqüentemente expostas a irradiações de computadores e eletromagnéticas e, às vezes, a uma alta concentração de irradiações de parede de concreto. A Barita funciona como um “guarda-chuva” protetor para a pessoa que a traz consigo. Em meditação, ela é uma pedra muito apreciada, que pode ser empregada, ao mesmo tempo, em todos os chacras, pois ela elimina as irradiações de toda aura e previne contra fluxos negativos de outras pessoas e da magia negra.
 
Indicado para: Comportamentos inadequados devidos a irradiações eletromagnéticas nos escritórios, computadores, televisão, influxos negativos, magia negra, agorafobia. Irradiações de toda sorte, zumbido nos ouvidos, erupções de suor, taquicardia, impotência, histeria, queimaduras do Sol, queimaduras em geral, erupções cutâneas.
 
Formas existentes: Pedra bruta.

  Chacras: Todos.

Para conhecer sobre outras pedras clik aqui

Voltar ao topo
Loja CristaisdeCurvelo no What's app