Carregando... Por favor, aguarde...

obsidianas.pngOBSIDIANA

A Obsidiana é lava derretida que resfriou com tanta rapidez que não teve tempo para cristalizar-se. Como resultado age muito rapidamente e com grande poder. As suas qualidades refletoras, capazes de desvendar a verdade, expõe falhas, fraquezas e bloqueios sem piedade, nada pode se ocultar dessa pedra. Ela nos aponta como podemos superar comportamentos destrutivos ou que nos privam de nossa força e nos auxilia a crescer e proporciona um apoio sólido enquanto fazemos isso.

 

Ela precisa ser manuseada com cuidado ou com uma orientação de um terapeuta, pois pode trazer à tona emoções negativas e verdades desagradáveis, muito conhecida como catarse (operação de trazer à consciência estados afetivos e lembranças no inconsciente, liberando o paciente de sintomas e neuroses associadas a este bloqueio) e com uma orientação qualificada, suas qualidades catárticas são extremamente preciosas. Ela propicia a cura profunda da alma.

 

A Obsidiana é extremamente protetora, que serve de escudo contra a negatividade. Ela proporciona um cordão de aterramento que vai do chakra da base até ao centro da terra, absorvendo as energias negativas do ambiente e nos fortalecendo em tempos de necessidades. É útil para pessoas extremamente sensíveis, bloqueia ataques psíquicos e elimina influências espirituais negativas.

 

É extremamente útil para os terapeutas e conselheiros, pois não somente ajuda em casos em que é difícil chegar ao ponto chave do problema, como também elimina as energias resultantes. A Obsidiana preta e a mahogany cor de mogno são as mais aconselháveis para este propósito, sendo a última mais a mais suave das duas.

Quando colocada embaixo do travesseiro ou da cama, a Obsidiana pode drenar o estresse e tensão mentais produzindo um efeito calmante, além de trazer à tona as razões deste estresse. Essas razões deverão ser confrontadas para que se possa ter paz. Essa pedra, portanto, resolve o problema permanentemente, em vez de produzir apenas um efeito paliativo. As formas mais suaves de Obsidiana, como a lágrima-de-apache ou o floco-de-neve, são as mais indicadas para este caso. Importante salientar que por absorver energias negativas é essencial limpar esta pedra sob água corrente sempre que for usada.

 

Do ponto de vista espiritual, a Obsidiana revitaliza o propósito da alma, elimina os bloqueios energéticos e alivia a tensão, integrando a sombra e restabelecendo a nossa integridade espiritual. Ela ancora o espírito no corpo e estimula o crescimento em todos os níveis, além de promover a exploração do desconhecido, abrindo novos horizontes.

 

Do ponto de vista mental, ela traz lucidez e elimina a confusão e crenças limitantes. Pode, no entanto, fazer isso trazendo à tona as causas por trás do estresse mental ou da indisposição. Expande a consciência, ajudando-nos a entrar no reino do desconhecido com mais confiança e desenvoltura.

 

Do ponto de vista psicológico nos ajuda a descobrir quem realmente somos. Deixa-nos cara a cara com a nossa sombra e nos ensina como integrá-la. Dissolve bloqueios emocionais e traumas antigos, dando profundidade e clareza às emoções. Ela também promove qualidades como compaixão e força pessoal.

 

Identificações erradas de minerais e fraudes “Obsidiana” ou “vidro-da-terra” Escrito por Luiz Menezes em 12/2008

 

Infelizmente os mercados de minerais, de gemas e de cristais esotéricos têm sofrido com um grande número de erros de classificação ( intencionais ou não ), bem como fraudes de diversos tipos. Isso leva os compradores menos preparados ou desatentos a adquirir “gato por lebre”, bem como dificulta o trabalho dos comerciantes honestos que têm de competir com imitações de menor ou nenhum valor.

 

Daremos ênfase ao que ocorre no mercado de minerais para coleção e de cristais esotéricos, pois no caso das gemas existe uma estrutura bem montada de laboratórios gemológicos que vêm sistematicamente estudando e publicando informações sobre materiais sintéticos e processos de modificação de cor, o que não ocorre na mesma escala no caso dos minerais e dos cristais.

 

No primeiro número desta série abordaremos uma fraude bastante atual, que é tentar classificar VIDRO como “OBSIDIANA” ou “VIDRO-DA-TERRA”.

A obsidiana é um vidro natural, sem estrutura cristalina nem composição química constante, encontrado no interior de lava vulcânica. Ocorre em vários países do mundo, mas apenas onde houve vulcanismo relativamente recente ( o que não é o caso do Brasil, onde as mais recentes erupções vulcânicas ocorreram há cerca de 40 milhões de anos! ). As cores são sempre muito escuras ( marrom, marrom-esverdeada, marrom-avermelhada ou preta ), e o material é, com raras exceções, translúcido ou opaco.

 

Como se trata de material de baixo valor seu uso como material ornamental se restringe à produção de pedras roladas, ovos, esferas e esculturas ( com a exceção da “obsidiana arco-íris” ou “rainbow obsidian”, encontrada no México ). As variedades naturais mais conhecidas são as seguintes:

 

- OBSIDIANA “LÁGRIMA-DE-APACHE”

221209-021x.jpg

- ocorre no Arizona como nódulos semi-esféricos ou alongados, de cor marrom-escura, translúcidos ou quase transparentes, medindo até cerca de 5 cm, e encontradas em solos resultantes da decomposição recente de lavas vulcânicas claras denominadas “perlitas”.

 

- OBSIDIANA “FLOCOS-DE-NEVE”

frete-gr-aacute.jpg

- é um material preto opaco com nódulos brancos com aparência de flocos de neve ( causados pelo início de formação do mineral “cristobalita” ), é encontrada no estado do Utah, USA.

 

- OBSIDIANA “DOURADA”

obsidiana-dourada.jpg

- ocorre no México, tem cor marrom-esverdeada muito escura, translúcida, e apresenta inclusões tubulares, ocas, que proporcionam reflexões internas da luz do tipo “olho-de-gato”; os índios aztecas e os toltecas a utilizavam intensivamente na confecção de esculturas, ferramentas e pontas de flecha.

 

- OBSIDIANA “MOGNO”

esfera-obsidiana-mahogany.jpg

- ou obsidiana “mahogany”, tem cor preta, opaca, com manchas marrom-avermelhadas, ocorre no México bem como em vários estados norte-americanos ( Arizona, Califórnia, Novo México e Oregon ).

 

- OBSIDIANA “ARCO-ÍRIS”

8121973293330408749843769e237b1a.jpg

- é a variedade mais valiosa, consiste de uma matriz negra, opaca, com zonas internas iridescentes, o que resulta, ao se lapidar o material em cabochão ou na forma de coração, em reflexões internas verdes/ roxas/ azuis/ vermelhas. A ocorrência mais importante se localiza no México

 

Por outro lado, os vidros, sintéticos, vendidos fraudulentamente como “obsidianas” ou “vidros-da-terra” são verdes ou azul-esverdeados, completamente transparentes, o que jamais foi visto em obsidianas naturais. Sua ocorrência natural é geologicamente impossível: o solo, onde essas “obsidianas” teriam sido encontradas ( é sempre a mesma história, um garimpeiro de “total confiabilidade”, “que não mente”, encontrou a peça escavando a terra, ou um fazendeiro também “totalmente confiável” coletou-a do mesmo modo ), provém sempre da decomposição de uma rocha, seja ela sedimentar, metamórfica ou ígnea; nos dois primeiros casos jamais poderá ser encontrada uma massa de vidro natural, e as rochas ígneas encontradas no Brasil não são do tipo lava vulcânica extrusiva, que poderia conter massas de obsidiana natural ( mas nunca grandes, transparentes e azuis ); as lavas vulcânicas que existiram no Brasil há mais de 40 milhões de anos já foram completamente erodidas.

 

Para conhecer sobre outras pedras clik aqui

 

Pesquiza Google todos direitos a: Escrito por Luiz Menezes em 12/2008

Voltar ao topo
Loja CristaisdeCurvelo no What's app