Sabonete Massageador Obsidiana Negra Vulcanica Cod SO8233 - Loja Cristaisdecurvelo

Não vá Embora!
Separamos essas Ofertas Exclusivas para você!

Fale Conosco:
(38) 3722-1029
(38)9-9205-6463

Sabonete Massageador Obsidiana Negra Vulcanica Cod SO8233

(Cód.261184)
| Deixar comentário
R$16,00
Ou em 3x de R$5,33
sem juros no cartão de crédito
R$15,20 a vista
no depósito com 5% de desconto
Embalagem para presente: Opções disponíveis no carrinho.
Compra máxima: 1 unidade(s)
Esgotado! Já vendemos todo o estoque!
Avise-me Quando Chegar.

Por enquanto esse produto não está disponível.


Massageador Pedra Obsidiana Negra Vulcanica Modelo sabonete produz massagem suave e terapeutica recomendado pra terapias quentes e frias veja descrição abaixo.

A obsidiana Preta é uma professora magistral e veio nos ensinar o verdadeiro significado de sua cor. 

 

NOME DA(S) PEDRA(S): Obsidiana Negra

COR DA(S) PEDRA(S): Preto Foto Autentica 

CORTE DA(S) PEDRA(S): Sabonete Estilo Massageador Bordas Suave

 CLARIDADE DA(S)  PEDRA(S): Opaco Semi Cristalizado

 MEDIDA DA(S) PEDRA(S): Exato 8,7 x 5,0 (Centimetros).

 PESO TOTAL DO MASSAGEADOR:  Exato 92 Gramas  Anuncio unico comprar outro CLICK AQUI

ORIGEM: BRASIL  ( Curvelo MG)   Foto autentica da pedra que ira receber qualquer diferença pode ser efeito da luz do estudio


Como fazer uma massagem com pedras quentes

Por: Fatima Calado

Massagens de pedra quente tornaram-se muito populares em spas e sofisticados clubes de saúde. Infelizmente para muitos de nós, estas massagens também podem ser bem caras. No entanto, não é difícil dar uma massagem pedras quentes básica para um amigo ou familiar. Seguindo esses passos, você irá assegurar que você pode oferecer uma experiência relaxante para aqueles que amam, e talvez até convencê-los a fazer o mesmo por você!

    Reuna os materiais necessários. Para uma massagem pedras quentes, você obviamente precisa de pedras que podem ser aquecidas. Pedras basalto são as escolhas habituais, embora alguns outros tipos também possam ser utilizados. Você pode comprar pedras de uma empresa fornecedora de massagens ou procurar as suas próprias pedras diretamente em um leito de rio. Procure por pedras de tamanhos variados que são completamente lisas, com os eventuais cantos ou pontas ásperas desgastados. Você também vai precisar de uma assadeira ou uma panela de barro para aquecer as pedras, algumas toalhas, óleo de massagem ou debebê, e um pegador ou espumadeira para remover as pedras da água quente.
    Prepare as suas pedras quentes. Antes da primeira utilização, as pedras de basalto devem ser lavadas e "temperadas", ou mergulhadas em óleo. Você pode usar óleo de bebê, óleo de massagem, ou de óleos essenciais para isso. Para aquecer as pedras de uma massagem com pedras quentes, aqueça a água em uma assadeira ou panela ade barro, e acrescente as pedras. Quando as pedras estiverem quentes, retire-as e seque-as completamente com uma toalha. Você terá que acompanhar de perto as pedras para ter certeza de que elas estão aquecidas, mas não muito quentes. Pedras de diferentes tamanhos retêm o calor de forma diferente, então faça um experimento antes de dar a sua primeira massagem de pedras quentes.
    Coloque as pedras quentes. Sempre teste as pedras em sua própria pele primeiro para se certificar que não estejam muito quente. Se as pedras estiverem muito quentes, você pode colocar uma toalha ou lençol entre as pedras e a pele. Coloque as pedras maiores sobre os músculos maiores: a parte inferior das costas de cada lado da coluna vertebral e da região escapular. Você também pode colocar pedras em cada lado da coluna, nos ombros, e em qualquer outro lugar que a pessoa que recebe a massagem desejar. Se a pessoa estiver deitada com suas palmas para cima, coloque uma pedra no meio da palma de cada mão. Se você tiver pedras pequenas, elas podem ser colocadas entre os dedos dos pés ou da mão para um relaxamento extra.
    Comece a massagear. Você pode massagear suavemente com as mãos ou uma pedra quente média. Para uma massagem com pedras, remova as pedras da superfície do corpo que você está se preparando para trabalhar, e passe a pedra aquecida devagar e cuidadosamente sobre a pele da pessoa. Massagens de pedra quente permitem que o calor penetre e relaxa os músculos ao invés de um trabalho profundo, por isso, use um toque suave. Lembre-se de seguir o que a pessoa que recebe a massagem quer e só faça coisas com que ela se sinta confortável.
    Substitua as pedras quentes, conforme necessário. Quando acabar de trabalhar sobre uma área específica, você pode ter que substituir as pedras por pedras aquecidas frescas, já que elas irão perder o seu calor. É uma boa ideia ter mais pedras aquecendo do que você precisa usar, de modo que nenhuma das pedras fique fria.
    Não se esqueça das extremidades. Pode-se ser extremamente relaxante utilizar pedras quentes nos braços, pernas, pés e mãos, de forma experimental, com autorização da pessoa que recebe a massagem. Tente colocar uma pedra quente na sola dos pés, ou muito suavemente na parte de trás do pescoço. Pulsos são outro local que podem precisar de relaxamento, principalmente para pessoas que escrevem muito.
    Limpe e guarde suas pedras. Depois que a massagem terminar, certifique-se lavar as pedras, de preferência com um purificador antibacteriano. Armazene-as em algum lugar onde elas permanecerão limpas e prontas para usar na próxima!
Com preparação cuidadosa e comunicação com a pessoa que recebe a massagem, massagem pedras quentes podem ser realizadas por qualquer pessoa. Mesmo as massagens de pedra quente mais básicas têm qualidades relaxantes. Esta é uma excelente forma de ajudar um membro da família ou amor a relaxar após um árduo dia de trabalho ou apoiar um amigo que esteja atravessando tempos difíceis.


Obsidiana Negra

 

A Obsidiana Preta é uma das mais importantes professoras de todas as pedras da Nova Era. Ela está associada ao primeiro chacra. Esse centro de energia relaciona-se à Terra, ao físico, à sobrevivência e à realização do ego pessoal. Ao colocar uma dessas pedras sobre os pontos de chacra inferior, atraem-se as energias mais puras dos chacras superiores para os centros primitivos, para o aprimoramento e a purificação do ego.Obsidiana Preta deve de ser empregada apenas por aqueles instruídos sobre seus poderes e preparados para o processar as mudanças que ela muitas vezes implacavelmente acarreta. Regida pelo planeta Plutão, seu objetivo é conduzir a mente através das áreas obscurecidas do subconsciente, para estabelecer uma identidade no superconsciente. Como professora plutoniana, não serve ao ego. Em vez disso, mostra de modo rude e muitas vezes grosseiro ao eu-ego o seu lugar e o que precisa para mudar e avançar para o próximo passo do desenvolvimento evolutivo. Atua como um espelho que reflete as falhas da natureza de um ser e amplia temores, inseguranças e atitudes egocêntricas que reprimem as qualidades superior da alma. Pode-se chama-lá de "guerreira da verdade", aquela que mata a ilusão para dar à luz a visão da Nova Era.A obsidiana Preta é uma professora magistral e veio nos ensinar o verdadeiro significado de sua cor. O preto, sendo denso, o obscuro e o desconhecido, é o oposto polar do branco, o translúcido, o iluminado e o conhecido. Cada uma dessas expressões opõe-se precisamente à outra e, como partes da alma que são, permitem à outra existir. Cada uma dessas cores encerra dentro de si todas as outras; tanto o preto quanto o branco podem potencialmente conter a mesma intensidade de luz. Embalada nos braços do preto e do branco, do dia e da noite, do escuro e da luz, a vida da Terra foi concebida e criada e agora está pronta para vir a saber que os pólos aparentemente opostos são, na realidade, o mesmo. Os conceitos de bom e mau não passam de um truque pregado aos sentidos quando se vêem essas cores distintas.A cor preta foi mais mal empregada e mal compreendida do qualquer outra em todo os espectro. Ao evoluir e sentir o poder do universo fluindo nas veias, a alma humana apresentou uma tendência a reinvindicar esse poder como seu. Ao buscar apenas satisfação pessoal, ela aprendeu a canalizar essa força cósmica para o planeta de formas que só servem ao seu pequeno ego, em vez de servir à força em si mesma. Quando isso ocorre, a luz contida no preto volta-se contra si mesma e os aspectos mais baixos da natureza humana predominam. A magia negra caracteriza exatamente esse tipo de abuso flagrante de poder que se manifestará em ações maléficas. Entretanto, o próprio processo de abuso de poder consiste numa das maiores lições que o universo deve ensinar a seus ocupantes.Pode-se constatar a existência da teoria do buraco negro em diferentes aspectos da criação, da humana à estelar. Esse fenômeno natura origina-se quando a luz é egoisticamente consumida e revertida contra si mesma, acarretando a destruição e a devastação sobre todos os objetos circundantes que são atraídos para dentro do buraco negro por uma força gravitacional cada vez mais forte. À medida que a luz é absorvida, o vácuo torna-se mais profundo e maior até, finalmente, a alma ou as estrelas renascerem tomando conhecimento de que a luz deve ser compartilhada e igualmente possuída por todos. Uma vez aprendida essa lição, toda a luz consumida pelo buraco negro explode para fora no outro lado da realidade, e o buraco branco existe como uma manifestação brilhante de uma lição bem-assimilada. Cada um de nós, numa ocasião ou noutra, deve passar pelo processo de autodestruibilidade do buraco negro e aprender a usar de modo apropriado a luz e a energia. Quando a maioria dos habitantes da Terra se conscientizar dessa lição, a Terra como um todo renascerá e a Nova Era florescerá. A Obsidiana Preta é uma das mais importantes professoras de todas as pedras da Nova Era. Ela está associada ao primeiro chacra. Esse centro de energia relaciona-se à Terra, ao físico, à sobrevivência e à realização do ego pessoal. Ao colocar uma dessas pedras sobre os pontos de chacra inferior, atraem-se as energias mais puras dos chacras superiores para os centros primitivos, para o aprimoramento e a purificação do ego.Obsidiana Preta deve de ser empregada apenas por aqueles instruídos sobre seus poderes e preparados para o processar as mudanças que ela muitas vezes implacavelmente acarreta. Regida pelo planeta Plutão, seu objetivo é conduzir a mente através das áreas obscurecidas do subconsciente, para estabelecer uma identidade no superconsciente. Como professora plutoniana, não serve ao ego. Em vez disso, mostra de modo rude e muitas vezes grosseiro ao eu-ego o seu lugar e o que precisa para mudar e avançar para o próximo passo do desenvolvimento evolutivo. Atua como um espelho que reflete as falhas da natureza de um ser e amplia temores, inseguranças e atitudes egocêntricas que reprimem as qualidades superior da alma. Pode-se chama-lá de "guerreira da verdade", aquela que mata a ilusão para dar à luz a visão da Nova Era.A obsidiana Preta é uma professora magistral e veio nos ensinar o verdadeiro significado de sua cor. O preto, sendo denso, o obscuro e o desconhecido, é o oposto polar do branco, o translúcido, o iluminado e o conhecido. Cada uma dessas expressões opõe-se precisamente à outra e, como partes da alma que são, permitem à outra existir. Cada uma dessas cores encerra dentro de si todas as outras; tanto o preto quanto o branco podem potencialmente conter a mesma intensidade de luz. Embalada nos braços do preto e do branco, do dia e da noite, do escuro e da luz, a vida da Terra foi concebida e criada e agora está pronta para vir a saber que os pólos aparentemente opostos são, na realidade, o mesmo. Os conceitos de bom e mau não passam de um truque pregado aos sentidos quando se vêem essas cores distintas.A cor preta foi mais mal empregada e mal compreendida do qualquer outra em todo os espectro. Ao evoluir e sentir o poder do universo fluindo nas veias, a alma humana apresentou uma tendência a reinvindicar esse poder como seu. Ao buscar apenas satisfação pessoal, ela aprendeu a canalizar essa força cósmica para o planeta de formas que só servem ao seu pequeno ego, em vez de servir à força em si mesma. Quando isso ocorre, a luz contida no preto volta-se contra si mesma e os aspectos mais baixos da natureza humana predominam. A magia negra caracteriza exatamente esse tipo de abuso flagrante de poder que se manifestará em ações maléficas. Entretanto, o próprio processo de abuso de poder consiste numa das maiores lições que o universo deve ensinar a seus ocupantes.Pode-se constatar a existência da teoria do buraco negro em diferentes aspectos da criação, da humana à estelar. Esse fenômeno natura origina-se quando a luz é egoisticamente consumida e revertida contra si mesma, acarretando a destruição e a devastação sobre todos os objetos circundantes que são atraídos para dentro do buraco negro por uma força gravitacional cada vez mais forte. À medida que a luz é absorvida, o vácuo torna-se mais profundo e maior até, finalmente, a alma ou as estrelas renascerem tomando conhecimento de que a luz deve ser compartilhada e igualmente possuída por todos. Uma vez aprendida essa lição, toda a luz consumida pelo buraco negro explode para fora no outro lado da realidade, e o buraco branco existe como uma manifestação brilhante de uma lição bem-assimilada. Cada um de nós, numa ocasião ou noutra, deve passar pelo processo de autodestruibilidade do buraco negro e aprender a usar de modo apropriado a luz e a energia. Quando a maioria dos habitantes da Terra se conscientizar dessa lição, a Terra como um todo renascerá e a Nova Era florescerá.