Rosa do Deserto ou Flor do Deserto Pedra de Garimpo Bruto Natural Cod 633.7

R$73,50
Ou em 1x de R$75,00
sem juros no cartão de crédito

Código : 633.7

Compra máxima : 1 unidade(s)



Rosa do Deserto ou Flor do Deserto Bruto Pedra com formação Semelhante a Petalas de uma Flor, pedra para colecionadores exigentes, totalmente natural da forma que saiu do garimpo, raro encontrar.


NOME DA(S) PEDRA(S): Rosa do Deserto (ou Flor do Deserto)  

COR DA(S) PEDRA(S): Areia Foto Autêntico

CORTE DA(S) PEDRA(S): Bruto Natural Como Saiu do Garimpo

CLARIDADE DA(S)  PEDRA(S): Opaca

MEDIDA DA(S) PEDRA(S): Altura 13,4 x 11,7 Largura (Centimetros).

PESO TOTAL DA PEDRA: Exatos 633.7 Gramas   Obs anuncio unico comprar outro  CLICK AQUI

ORIGEM:  Estados Unidos 

Por ser pedra natural  podem apresentar variações em suas tonalidades e grafismos. Há também a possibilidade de ocorrerem pequenas inclusões que irão se assemelhar a fissuras, mas que são normais de minerais autentico de garimpo.  Hidratação oleo mineral.

 

atencao.gif

Para comprar outra Rosa do Deserto Click Aqui

Comprar Pingentes click aqui 

Comprar Atacado click aqui


Rosa das areias ou rosa do deserto são designações coloquiais dadas a rochas evaporíticas, formadas nos desertos quentes. Em algumas áreas dos Estados Unidos são chamadas rocha rosa. Formam cristais lenticulares de grande beleza que lembram pétalas duma flor, o que está na origem do nome. Devido à sua composição, poderiam ser usada na construção, mas o seu conteúdo de areia inviabiliza esse tipo de uso, pelo que o seu interesse é puramente ornamental ou decorativo.
As rosas do deserto mais comuns são compostas basicamente por gipsita e areia (sulfato de cálcio), mas também existem algumas compostas por barita e areia. Formaram-se pela deposição em ambientes áridos e quentes devido à evaporação de águas infiltradas, marinhas ou lacustres ricas em sais. Durante o processo de cristalização, estes incorporam inúmeros grãos de areia, o que dá à rocha o seu aspeto particular, semelhante a flores, com "pétalas" com bordos afiados. Por ser comum serem desenterrados pela ação da urina dos dromedários, durante muito tempo acreditou-se que eram produzidos por essa urina.
A sua cor varia conforme a da areia que lhe deu origem. O mais usual é ser cor de areia escura, mas há também brancas no Saara tunisino, cor de fogo no Saara argelino e negras na Argentina. O tamanho das "rosas" pode variar de alguns centímetros até um metro ou mais.
Encontra-se em quase todas as zonas da Terra com clima desértico com solo arenoso rico em gipsita. No entanto, as de maior beleza encontram-se no deserto do Saara. Algumas das principais jazidas conhecidas situam-se na Argélia e Tunísia, Espanha e nos Estados Unidos Cochise, Arizona.
A chamada rose rock (rocha rosa), é um tipo específico de rosa do deserto de cor vermelha à base de barito, que se encontra sobretudo no estado norte-americano de Oklahoma, onde desde 1968 é considerada a "rocha do estado".
Por ser um mineral muito brando, a sua limpeza requer especiais cuidados, sendo aconselhável o uso de um pincel humedecido com água. Quando usado como decoração, tem que se ter em atenção o facto de soltar areia, o que exige a limpeza periódico do local onde for colocado.
Curiosamente, a analogia com as rosas não se fica pelos cristais lenticulares que formam o que parecem pétalas, pois também possuem partes espinhosas, constituídas por cristais afilados escondidos na areia. Estes podem ser muito cortantes, chegando a danificar os pneus dos veículos todo-o-terreno que viajam no deserto. 


Comentários sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!
img


Encontrar produtos similares pela categoria