Maxi Colar com Pingente Mandala de Abalone Cod 110754 - Loja Cristaisdecurvelo

Não vá Embora!
Separamos essas Ofertas Exclusivas para você!

Fale Conosco:
(38) 3722-1029
(38)9-9205-6463

Maxi Colar com Pingente Mandala de Abalone Cod 110754

(Cód.110754)
| Deixar comentário
R$58,00
Ou em 11x de R$5,92
no cartão de crédito
R$55,10 a vista
no depósito com 5% de desconto
Embalagem para presente: Opções disponíveis no carrinho.
Esgotado! Já vendemos todo o estoque!
Avise-me Quando Chegar.

Por enquanto esse produto não está disponível.


Maxi Colar com pingente  mandala de Abalone ,artesanato feito manualmente e com excelente brilho ,o cordão é composto de contas trançadas ,o fecho além de lindo é muito rápido e fácil de colocar e tirar .Lindo colar ideal para se presentar ou como mimo pra si próprio .Peça exclusiva .

É associada à cura, à serenidade, à calma, à nobreza e à honestidade. Benéfica na formação e na proteção do tecido muscular, inclusive o músculo cardíaco. Ajuda a digestão e a assimilação de proteínas e caroteno.

 

NOME DA(S) PEDRA(S): Abalone

COR DA(S) PEDRA(S):  Multicolorida

CORTE DA(S) PEDRA(S):  Formato Circular

CLARIDADE DA(S)  PEDRA(S):  Brilhoso

MEDIDAS DO(S0 PINGENTE(S) : 5,7 Centimetros

 MEDIDAS DO CORDÃO : 48 Centimetros

PESO TOTAL DA PEDRA: 33 Gramas 

Por ser pedra natural  podem apresentar variações em suas tonalidades e grafismos. Há também a possibilidade de ocorrerem pequenas inclusões que irão se assemelhar a fissuras, mas que são normais de minerais autentico de garimpo.   


Obs: Foto autentica do colar que ira receber para comprar outros colares clik aqui COLAR

Temos pedras furada para montagem de colar para revenda clik aqui

Veja galeria de fotos com colares furados

atencao.gif

Abalone 

É uma concha orgânica. É associada à cura, à serenidade, à calma, à nobreza e à honestidade. Benéfica na formação e na proteção do tecido muscular, inclusive o músculo cardíaco. Ajuda a digestão e a assimilação de proteínas e caroteno. É benéfica para o timo. 

Profissão: Dona-de-casa.

Os abalones são moluscos, espécie de caracóis marinhos, que vivem preferencialmente em águas frias. Pertencem ao gênero Haliotis, da família Haliotidae. 

Sua concha é arredondada ou ovalada, achatadas, e nela vemos uma seqüência de furos (poros), variando de 2 a 9, conforme o tipo de abalone, seguidos por uma seqüência de pequenas elevações, sem furos. Sua cor externa varia de acordo com o seu habitat natural. Já na face interior, encontra-se uma belíssima e iridescente madrepérola, podendo ser negra, azul, verde, rosa, amarela, vermelha, branca, entre outras mais.

 

 

Normalmente alimentam-se de algas marinhas e é em meio a elas que costumam ser encontrados. Durante a maré baixa, alguns podem até ser colhidos facilmente com as mãos, mas normalmente encontram-se nas águas mais profundas, abaixo de 30 a 40 pés da superfície, alguns até mesmo abaixo de 1200 pés, e nas proximidades da costa.

 Sua colheita, para fins alimentícios e também para a joalheria e decoração, começou no Japão, a partir dos anos 30 DC.

A partir de 1960, com o uso de equipamentos de mergulho mais sofisticados que possibilitam o mergulho mais profundo, houve um abuso em sua colheita comercial, diminuindo consideravelmente sua população, e colocando em risco a continuidade de muitas das espécies. Também a poluição dos continentes, diminuição de alguns tipos de algas, alteração das temperaturas dos mares e aumento de predadores naturais, tem afetado a população de abalones.


 

Hoje, em alguns países, existe legislação específica a respeito disso, impondo cotas máximas permitidas na pesca, tamanhos mínimos a serem respeitados, e até mesmo a proibição total de sua colheita em determinadas épocas do ano ou mesmo por tempo indefinido, até a recuperação das espécies. Mas a colheita ilegal infelizmente ainda existe e é bastante predatória.

Mas nem tudo está perdido, existem hoje cultivos voltados somente a isso, sem interferir nos abalones em habitat natural, e também estudos para aumentar a procriação natural nos mares. Mas ainda são insuficientes, e a colheita predatória ainda impera. Com isso, os preços dos abalones aumentaram muito!

 

 

Mas você pode fazer seu “abalone” em cerâmica plástica, de maneira simples e divertida.
Basta trabalhar somente com massas peroladas e metalizadas, matizadas nas cores de seu interesse, trabalhando em finas camadas sobrepostas que, depois de totalmente empilhadas, são perfuradas e amassadas em toda a sua superfície, provocando um desnivelamento nas camadas, com uma cor “entrando” dentro da outra. A superfície então é fatiada no sentido horizontal, e nestas fatias os desenhos com cores mescladas aparecem, proporcionando um bonito efeito.


Comentários sobre o produto




Loja CristaisdeCurvelo no What's app