Granada Andradita Pedra Comum Mineral Para Colecionador ou Esoterismo Cod 68.8 - Loja Cristaisdecurvelo
  Carregando... Por favor, aguarde...


Compra máxima: 1 unidade(s)

Granada Andradita Pedra Comum Mineral Para Colecionador ou Esoterismo Cod 68.8

()
Codigo: 68.8

R$10,00

ou R$9,80 no Boleto Ou em 2x de R$5,00
sem juros no cartão de crédito



GRANADA andradite Pedra comum e natural Mineral para uso esoterico, variedade base de Andradite Melanita , pedra apenas lavado não indicado para lapidação apenas coleção.

 


NOME DA(S) PEDRA(S): GRANADA ( Andradite variação Melanita)

COR DA(S) PEDRA(S): Vermelho Vinho

CORTE DA(S) PEDRA(S): Rolado

 CLARIDADE DA(S)  PEDRA(S): Vitrio com Media Cristalização

 MEDIDA DA(S) PEDRA(S) Exato 4,1 x 3,2 (Centimetros).

 PESO TOTAL DA PEDRA: Exatos 68 Gramas Obs: Anuncio Unico compra outro CLIK AQUI

ORIGEM: Ucrania

Por ser pedra natural  podem apresentar variações em suas tonalidades e grafismos. Há também a possibilidade de ocorrerem pequenas inclusões que irão se assemelhar a fissuras, mas que são normais de minerais autentico de garimpo.  Hidratação oleo mineral.

atencao.gif

Para comprar outra Granada clik aqui

Comprar Pingentes Granada clik aqui

Comprar Atacado clik aqui

 

A Granada é o nome geral dos membros de um grupo de minerais com habitus cristalino constituído por dodecaedros e trapezoedros. São nesosilicatos de fórmula geral, A3B2(SiO4)3. As diversas variedades de granada podem incorporar diversos elementos químicos natipo: Pedra de fogo, Guardiã de amor e paixão, Estimulante do Sexo.
Grupo:
Apatita.
Locais onde é encontrada:
Em todos os continentes.

Andradite

Andradite é uma granada de cálcio e ferro de fórmula Ca3Fe2(SiO4)3, embora sejam comuns substituições catiónicas importantes. As cores dependem destas variações e podem ser vermelho, amarelo, marrom, verde ou preto. As subvariedades reconhecidas são topazolite (amarelo ou verde), demantóide (verde) e melantite (preto). A andradite pode ser encontrada em rochas ígneas de profundidade, como os sienitos, e em rochas metamórficas como os xistos e calcários.

Efeitos terapêuticos para a psique: Há muito tempo a Granada vem se mostrando a guardiã das amizades verdadeiras. Ela nos presta bons serviços no matrimônio. Chegou-se a observar que a Granada, em fases difíceis da parceria, transformava-se para o escuro, até mesmo o negro. Quando ela reconhece os problemas, ameniza-os e volta a luzir com seu vermelho típico da paixão. Em meditação, a Granada encontra maior força mediante a colocação sobre centros sexuais básicos, efetuando sua influência sobre todo o corpo. O fogo vermelho-escuro da Granada retira rapidamente moléstias profundas da alma causadas por problemas na vida sexual.

 Formas existentes: Pedra bruta, lapidada.

sua estrutura, principalmente cálcio, magnésio, alumínio, ferro2+, ferro3+, cromo, manganês e titânio. As granadas não apresentam clivagem, mas mostram partição dodecaédrica. A fratura é concoidal a desigual; algumas variedades são muito resistentes e são valiosas para finalidades abrasivas. A dureza das granadas encontra-se no intervalo 6,5-7,5 e a densidade (peso específico) está entre 3,1 e 4,3. O brilho varia entre vítreo e resinoso, podendo ainda ser transparentes ou opacas, conforme a preseça ou ausência de inclusões. As granadas podem apresentar as seguintes cores: vermelho, amarelo, marrom, preto, verde, ou incolor.

Os membros do grupo da granada subdividem-se através da sua variabilidade química.

Piropo

Piropo, ou Rubi do Cabo, é uma granada de cor vermelho-sangue, devido a seu conteúdo de ferro e cromo. A sua fórmula é Mg3Al2(SiO4)3. O magnésio pode ser substituído em parte por cálcio e/ou ferro ferroso (Fe2+).

O piroro raramente possui inclusões, mas, quando presentes, estas se encontram em forma de cristais arredondados ou apresentam contorno irregular. Como todas as granadas, o piropo não possui clivagem, e a fratura é de subconcóide a irregular.

O piropo é encontrado em rocha vulcânica e depósitos aluviais e pode, juntamente com outros minerais, indicar a presença de rochas portadoras de diamantes. As localizações de jazidas incluem Arizona, África do Sul, Argentina, Austrália, Brasil, Myanmar, Escócia, Suíça e Tanzânia.

Os exemplares transparentes são usados como gemas. Uma variedade importante de piropo - a rodolite, do grego a rosa - é originária do condado de Macon na Carolina do Norte, é caracterizada pela cor violeta-vermelha e por constituir uma solução sólida de 2:1 entre piropo e almandina.

A palavra piropo deriva do grego pyropos, significando flamejante. Os piropos suíço e sul-africano são pedras de vermelho mais claro do que as pedras da Boémia, onde se utiliza o piropo na joalheria há mais de quinhentos anos.


Grossularite

Grossularite ou grossulária é uma granada de cálcio-alumínio com a fórmula Ca3Al2(SiO4)3, embora o cálcio pode em parte ser substituído por ferro ferroso (Fe2+) e o alumínio por ferro férrico (Fe3+). As cores mais comuns deste mineral são verde, canela, marrom, vermelho, e amarelo. A grossularite é um mineral típico de metamorfismo de contacto de calcários, onde se encontra associada a vesuvianite, diópsido, wollastonite e wernerite. Grossularite é um termo derivado da botânica.

Almandite

Almandite, almandina ou carbúnculo é uma granada do ferro-alumínio com a fórmula Fe3Al2(SiO4)3. As variedades transparentes podem ter bastanto valor enquanto pedras preciosas. A almandite é um mineral comum em rochas metamórficas como o micaxisto, onde ocorre associado a estaurolite, distena, andalusite, entre outros.

Espessartite

Espessartite é uma granada de manganês e alumínio granada de fórmula Mn3Al2(SiO4)3. O nome é derivado da cidade de Spessart na Baviera. Esta variedade pode apresentar cores variadas, de acordo com o tipo e quantidade de impurezas. As mais famosas são as espessartites laranja de Madagascar e os exemplares violeta-vermelhos que ocorrem em riólitos do Colorado e Maine.

Uvarovite

Uvarovite ou Uvarovita é uma granada de cálcio e cromo de fórmula Ca3Cr2(SiO4)3. Dentro do grupo da granadas, é a variedade mais rara, surgindo em pequenos cristais de cor verde associados a cromita e serpentina.

A atraente e brilhante cor verde da uvarovite se deve à presença de cromo. Os cristais são muito frágeis, com fratura de subconcóide a irregular.

A uvarovite ocorre em rochas de serpentina. Os melhores cristais são encontrados nos Urais, na Rússia, em torno de cavidades ou fissuras na rocha. Outras fontes são a Finlândia, a Turquia e a Itália.

Comentários sobre o produto



Voltar ao topo
Loja CristaisdeCurvelo no What's app