Canga Rosa ou Drusa Rosa Base Quartzo em Aglomerado Cod CR5496 - Loja Cristaisdecurvelo

Não vá Embora!
Separamos essas Ofertas Exclusivas para você!

Fale Conosco:
(38) 3722-1029
(38)9-9205-6463

Canga Rosa ou Drusa Rosa Base Quartzo em Aglomerado Cod CR5496

(Cód.266492)
| Deixar comentário
R$15,00
Ou em 3x de R$5,00
sem juros no cartão de crédito
R$14,25 a vista
no depósito com 5% de desconto
Embalagem para presente: Opções disponíveis no carrinho.
Compra máxima: 1 unidade(s)
Esgotado! Já vendemos todo o estoque!
Avise-me Quando Chegar.

Por enquanto esse produto não está disponível.


Canga Rosa ou Drusa de Quartzo Rosa Pedra de baixo preço comum,com leve tok rosa e incrustações na Base de Quartzo.Pedra equilibradora do auto- estima.De comum qualidade usada no esoterismo ou como coleções de pedra raras.Natural de garimpos de Araçuaí lavada e já pronta para colecionadores ou para revenda.


NOME DA(S) PEDRA(S): Drusa Rosa( Canga Rosa)

COR DA(S) PEDRA(S): Tok leve de Rosa (Vide foto autêntica da pedra que irá receber)

CORTE DA(S) PEDRA(S): Bruto Natural

 CLARIDADE DA(S)  PEDRA(S): Cristalizado com alguma transparência

 MEDIDA DA(S) PEDRA(S):   Altura 3,3 x 1,3 Largura (Centímetros).

PESO TOTAL DA Pedra: Exatos 13,7 Gramas 

Obs: Anúncio Único comprar outro CLICK AQUI

ORIGEM: América do Sul - BRASIL (Curvelo - MG)

OBS: Foto autêntica, mas por se tratar de pedra natural  podem apresentar variações em suas tonalidades e grafismos. Há também a possibilidade de ocorrerem pequenas inclusões que irão se assemelhar a

fissuras, mas que são normais de minerais autênticos de garimpo.  Hidratação feita a  óleo mineral. Só compre após ler e entender sobre este mineral !

 

Para comprar outra Canga Rosa Aqui         

Comprar Pingentes click aqui         

Comprar Atacado click aqui        

Canga Rosa

A canga rosa é um equilibrador profundo de auto-estima,
que vai atuar na reconstituição dos tecidos afetivos mortos, des-
truídos, ou quase, por abalos muito fortes. Resgata os traumas.
Não é para ser usada de qualquer maneira nem em casos mais
simples de depressão e angústia, que serão bem tratados pelo
quartzo rosa e pela esmeralda.
A canga rosa vai ser usada em histórias como a de Sueli R.,
cuja filha, ao entrar num segundo casamento, inexplicavelmente
se afastou dela, e proibiu as netas de falarem com ela. O
sofrimento
foi em doses homeopáticas, já que moravam no mesmo prédio e
muitas vezes se cruzavam no elevador, como estranhos. Acontece
que o apartamento em que a filha morava pertencia a Sueli, que
foi obrigada a pedi-lo para fazer sua própria moradia. Ao entrar
no apartamento que a filha deixara, acompanhada de alguns ami-
gos e dos outros filhos, todos tiveram um choque: mais uma vez
sem a menor explicação, a agressividade atingiu um grau violento:
não só o apartamento estava destruído na medida do possível, com
fios arrancados, armários quebrados, etc., como havia trabalhos da
pior macumba espalhados por todo canto para recebê-los. Uma
mágoa desta profundidade pode ser tratada, delicada e lenta-
mente, pela canga rosa. Até atingir um estágio menos dolorido,
mais suportável, em que as outras pedras possam entrar em cena
e agir.
A canga rosa é uma pedra que se apresenta na forma de
uma espécie de aglomerado, ou seja, um grupo de pontinhas. Os
aglomerados são os restabelecedores do equilíbrio por excelência,
pois nos permitem entender os movimentos dos altos e baixos da
vida, dentro da questão a que se referem.

Texto retirado do livro:

Cristal não é aspirina

de: Virgínia Cavalcanti e Fréderic